O Anotador funciona através da importação de parcelas pagas (de receitas e despesas) do Aegro, permitindo ajustes e classificações desses lançamentos para a formação de um ou mais livros caixa.

Para cada conjunto de propriedades rurais (fazendas do Aegro) é possível gerar vários LCDPR (Livro Caixa do Produtor Rural). Os livros-caixa são gerados por CPF (emitente completo) cadastrado no Aegro, e assinados digitalmente para envio para a Receita (é obrigatório o uso de certificado A1).

Os ajustes e definições feitos no Anotador não afetam o Aegro, deixando nítida a distinção entre a gestão da fazenda e a entrega de documentos fiscais exigidos por entidades e entes públicos.

___________________________________________________

OBS.: Para o preenchimento dos dados de impostos e dados particulares, recomendamos que converse um profissional de contabilidade.

___________________________________________________

1º PASSO

Para iniciar os trabalhos em seu anotador Aegro será necessário realizar o cadastro de/das PESSOA(S) FÍSICA(S). Você pode registrar quantos LCDPR (Livros Caixa do Produtor Rural)  necessitar.  Lembre-se que as informações acompanhadas do * são de preenchimento obrigatório.

Após preencher todos os campos é só clicar em SALVAR e avançar para o próximo quadro de informações.

2º PASSO

 Agora que você já realizou o cadastro das pessoas físicas que terão o seu LCDPR gerado com os dados do Aegro, chegou a hora de registrarmos seus imóveis rurais. 

Nesta etapa, você deverá informar quais as as participações no referido imóvel rural das pessoas físicas cadastradas. Pode ser apenas uma pessoa física, com participação de até 100%, ou várias pessoas físicas com % rateado. Você não deve cadastrar agora a participação de pessoas que não vão utilizar os dados do Aegro para gerar seus livros caixa.

Após preencher todos os campos é só clicar em SALVAR e avançar para o próximo quadro de informações.

3º PASSO

Agora que você já realizou o cadastro dos seus imóveis rurais, vamos fazer a importação das parcelas pagas (de receitas e despesas) de 2019 que você possui no Aegro.

Após realizar a importação, basta clicar em INICIAR LIVRO CAIXA. Caso você não tenha lançamentos financeiros no Aegro, deverá criá-los antes.

4º PASSO

 Após importar as parcelas, você visualiza a tela abaixo. 

[ATENÇÃO] As parcelas não atribuídas são aquelas que não foram vinculadas a nenhum imóvel rural ainda. Para que as parcelas apareçam em seu livro caixa será necessário atribuí-las. Para fazer isso, você deverá selecionar a parcela ou parcelas desejadas e clicar em ATRIBUIR.

Perceba que ao selecionar uma parcela e clicar em ATRIBUIR uma nova tela aparecerá. Este será o momento de relacionar a parcela ao imóvel rural, atribuindo-as ou não. Feito isso, é só clicar em “salvar”. Lembre-se de que cada parcela será atribuída a um único imóvel rural.

Caso você tenha errado ao atribuir uma parcela a um imóvel rural, e queira modificar, terá que “desatribuir” o lançamento e atribuir de novo.

Após finalizar as atribuições ou ignorar as parcelas, a tela abaixo irá aparecer: 

As parcelas ignoradas são aquelas que não irão aparecer em nenhum livro caixa.

Você também poderá redistribuir as parcelas, caso necessário. Abaixo mostra a tela de parcelas não-atribuídas. Para redistribuir as parcelas, clique na seleção presente no canto esquerdo.

Na listagem das parcelas, um aviso em vermelho sobre os ícones de comentários e campos obrigatórios ajudará você a identificar quando existirem informações pendentes dentro de cada lançamento.

Ao clicar em alguma parcela listada, a tela abaixo aparecerá. Para editar uma parcela, você precisará clicar nos 3 pontos e selecionar a opção EDITAR PARCELA. A edição deve ser feita dentro do Aegro. Não se preocupe, pois o que for modificado no Aegro será modificado automaticamente no Anotador também.

Confira, no lado direito da tela, se falta preencher alguma informação sobre a parcela. Todos os campos obrigatórios do Aegro são exigidos pela Receita Federal, então é muito importante completá-los.

Nesta tela, você também poderá utilizar a funcionalidade de comentários para realizar observações sobre a parcela e trocar mensagens com o seu contador. Certifique-se de todos os comentários sejam resolvidos antes de finalizar as edições da parcela.

A qualquer momento, você pode adicionar novos livros caixa clicando no ícone da barra lateral. 

E gerenciar seus imóveis rurais na área de configurações.

5º PASSO

Após organizar seus lançamentos financeiros, você pode visualizar como está ficando o livro caixa. Basta clicar nos ícones redondos na lateral esquerda da tela. Cada um desses ícones corresponde a um livro caixa.

Esta tela apresentará um resumo do ano-calendário, com as receitas e despesas correspondentes a cada mês.

Por fim, você deverá preencher informações gerais sobre o seu livro caixa. Clique nos 3 pontos que ficam ao lado superior direito da tela e selecione "Informações gerais do livro caixa" para concluir esta etapa.

6º PASSO

Para gerar o livro caixa no formato TXT exigido pela Receita Federal, clique em GERAR LIVRO CAIXA.

O Anotador alertará se houver algum erro no preenchimento do seu registro fiscal. Neste caso, será possível apenas baixar um rascunho do livro caixa.

Após realizar todos os ajustes necessários, você conseguirá gerar a versão final do livro caixa.

Ao clicar novamente em GERAR LIVRO CAIXA, o download do arquivo será feito e você deverá entregá-lo conforme este tutorial.

Ainda ficou com dúvida? Entre em contato com nosso Chat!

Encontrou sua resposta?